15 de out de 2007

Bom Dia...

Preciso de um lugar onde possa parar
Longe de tudo o que me tortura e domina,
Onde possa com água limpa lavar o sangue,
Lamber as feridas, sentar um pouco,
Retomar o fôlego, vislumbrar a campina,
Inundar-me de Sol, mergulhar em brisa,
E dizer a mim mesmo que tudo passou
E passa, e que nessa vida efêmera e sem graça,
Nem a pior das desgraças vale o medo,
Nem o desassossego, nem a lágrima amarga,
Que passeia pela minha cara, agora.

(Elcio Domingues)

9 de out de 2007

Como te esquecer



Tentei te esquecer
Mergulhei em outros braços
Beijei outros lábios.
Mas,tudo em vão.
Como vou enganar meu coração
Se ele só quer te amar.
Como vou voltar a voar
Se ainda estou ferido.
Como vou amar agora
Se estou com o coração partido.
E tudo me lembra você.
Faz pensar em nós dois
Tudo que deixamos pra depois.
Por um simples orgulho.
Por um capricho.
Como vou te esquecer
Se ainda te amo.
E você faz parte de mim agora.

Refúgio

Te busquei em sonhos
Porque,não te encontrei em realidade
Fugi da realidade
Porque era doloroso viver sem você
Em meio o deserto da dor
Construi um castelo,de momentos e lembranças
Das palavras fiz um refúgio
Meu porto seguro
Fiz em meus pensamentos um novo mundo
Aonde erra,era consequência incerta
E a certeza de acerta,era sublime,vibrante,constante...
Mas tudo era apenas uma iluzão
Um refúgio do medo de erra
Uma tentativa de tentar ser feliz
Porém era apenas um refúgio
Um refúgio.
Só palavras...

Meus Delirios

Fecho os olhos
e te sinto chegar devagarinho...
E, com um beijo apaixonado,
vou me prendendo aos teus carinhos.

Olhar sedutor,
boca sedenta de amor,
cheiro de prazer,
vontade de te ter!

Vou me perdendo nos teus beijos,
me aquecendo nos teus abraços,
me inspirando nos teus desejos.
me entregando às fantasias...

Sinto tuas mãos quentes deslizando
pelo meu corpo,
tua respiração ofegante...
Sinto o meu corpo tremer
e passo a delirar de prazer!

Amor selvagem!
Irresistível, apaixonado,
terno e carinhoso,
com gostinho de quero mais!
É assim que te imagino, meu amor!!!

Eu te amo



Não quero viver apenas sonhando,
No silêncio te amando.
Quero gritar,
Ouça quem quiser escutar.
Porque declararei o que sinto,
Nesse momento
Que me falham os pensamentos.
E tudo me faz lembrar
Quando te amei...
Pois,te amo mais que pensei
Mas que imaginei que podia amar.
Mas que um dia pude sonhar
Mas do que posso acreditar,
Que ainda te amo.
Embora tente me enganar
Sei que permanece vivo
Dentro de mim esse amor
Feito a flor que resiste o deserto
Sem destino certo.
Ainda assim permanece vivo
Dentro de mim esse amor
Pois,ainda te amo!.

THAY

THAY

ALGUÉM ESPECIAL

Minha foto
jequié, bahia, Brazil
:: tudo ou nada aqui :: Difícil entender o que sou e como sou, não estou aqui pra ser decifrada, gosto de ser um mistério, até mesmo pra mim. Não tentem entender meus textos, minhas poesias, não pensem muito, eu não pensei quando estava escrevendo. Escrevo pra desabafar sentimentos... tristezas que carrego sempre comigo, inerente à minha existência. O melhor de se ler poesias é poder criar seus próprios textos e entender sua própria história de vida, levem pra vocês, não prendam as palavras em mim nem em vocês. Não, não sou dramática, só levo meus sentimentos, minhas lutas às últimas consequências. Por quê?? porque a vida não tem edição de cenas!