7 de jun de 2012

DESABAFO

FOI NAQUELA NOITE QUASE PERFEITA,
 NO MOMENTO QUE A LUA ME OBSERVAVA
 E AS LAGRIMAS NÃO PEDIAM MAIS PERMISSÃO PARA CAIREM.
QUANDO ABAIXEI MEUS OLHOS, PERCEBI QUE ESTAVA DANDO
AS COSTAS AOS MEUS SENTIMENTOS. E QUE TUDO AQUILO
 QUE EU ACHAVA SER MEU, JÁ NÃO ME PERTENCIA MAIS. AQUELE
AMOR TODO QUE DIZIAM SENTIR POR MIM PARECIA UM SONHO QUE
 AVIDA ME RESERVOU, MINHAS ALEGRIAS, DESEJOS...TUDO ISSO,
 AGORA PERTENCE AQUELE INFINITO.
O VENTO JÁ NÃO PODIA FAZER MAIS NADA, NEM MESMO A LUA
 PODIA ME ILUMINAR. E O MEU CORAÇÃO, É NELE QUE ESTÁ
 GUARDADO TODO O MEU AMOR POR VOCÊ, MAS ELE ESTÁ
SENDO PISADO E HUMILHADO POR TI. FIM DE UM SONHO
QUE NÃO EXISTIU.
ELE ME PEDE PARE! VAMOS DESISTIR.
SÓ QUE AO MESMO TEMPO, CHAMA PELO SEU NOME.

 MAS, VOCÊ INSISTE EM FICAR LONGE. ISSO PARECE MAS
O FIM DE UM SONHO QUE NÃO EXISTIU.
E HOJE, AS LAGRIMAS CAEM SOBRE A MINHA FACE, E JUNTO
 COM AS MINHAS LEMBRANÇAS ME PÕE PARA FORA DA REALIDADE.
 LEMBRO-ME DOS MOMENTOS QUE EU TINHA VOCÊ AQUI PERTO DE MIM.
MAS, TUDO ISSO ESTÁ ALÉM DAS MINHAS LAGRIMAS.
NO INSTANTE EM QUE MEUS OHOS SE FECHAM, VEJO TUDO AQUILO
 QUE MEU CORAÇÃO NÃO PODE RECOSNTRUIR.
E QUANDO MEUS OLHOS SE BATEM CONTRA O VENTO, EU JURO
QUE POR UM SEGUNDO PENSO QUE É VOCÊ QUE VOLTOU A ME AMAR.
 AI, ME VEJO RINDO COMO ANTES. NÃO ENCONTRO CORAGEM PARA
 ME DIZER QUE É PURA ILUSÃO.
LEMBRA? FOI NUM FIM DE TARDE PERFEITO QUE PELA PRIMEIRA VEZ
 OS MEUS LÁBIOS TOCARAM OS TEUS.
SERÁ QUE ISSO TAMBÉM FOI ILUSÃO?

Nenhum comentário:

THAY

THAY

ALGUÉM ESPECIAL

Minha foto
jequié, bahia, Brazil
:: tudo ou nada aqui :: Difícil entender o que sou e como sou, não estou aqui pra ser decifrada, gosto de ser um mistério, até mesmo pra mim. Não tentem entender meus textos, minhas poesias, não pensem muito, eu não pensei quando estava escrevendo. Escrevo pra desabafar sentimentos... tristezas que carrego sempre comigo, inerente à minha existência. O melhor de se ler poesias é poder criar seus próprios textos e entender sua própria história de vida, levem pra vocês, não prendam as palavras em mim nem em vocês. Não, não sou dramática, só levo meus sentimentos, minhas lutas às últimas consequências. Por quê?? porque a vida não tem edição de cenas!