17 de fev de 2007

Reflexão

Depois de algum tempo, você aprende a diferença sutil entre segurar a mão de alguém e escravizar uma alma, aprende que amor não significa de pendência e companhia não significa segurança, que beijos não são contratos e presentes não são promessas, passa a aceitar os seus defeitos com a cabeça erguida e os olhos abertos , com a elegância de um adulto, não com o pesar de uma criança.

Aprende a abrir todos os seus caminhos hoje porque o futuro é muito incerto para fazer planos.

Aprende que até mesmo a luz solar queima se você se expuser muito.

Então plante seu próprio jardim e embeleze a sua própria alma, em vez de esperar que alguém traga-lhe flores.

E você aprende que realmente pode resistir... Que é forte, e tem valor.

THAY

THAY

ALGUÉM ESPECIAL

Minha foto
jequié, bahia, Brazil
:: tudo ou nada aqui :: Difícil entender o que sou e como sou, não estou aqui pra ser decifrada, gosto de ser um mistério, até mesmo pra mim. Não tentem entender meus textos, minhas poesias, não pensem muito, eu não pensei quando estava escrevendo. Escrevo pra desabafar sentimentos... tristezas que carrego sempre comigo, inerente à minha existência. O melhor de se ler poesias é poder criar seus próprios textos e entender sua própria história de vida, levem pra vocês, não prendam as palavras em mim nem em vocês. Não, não sou dramática, só levo meus sentimentos, minhas lutas às últimas consequências. Por quê?? porque a vida não tem edição de cenas!