5 de abr de 2013

Último abraço


Ah, se eu soubesse que era a última vez...
não teria dito nada do que disse,
não teria feito nada além de te abraçar
e aproveitar cada segundo sem tirar os olhos de você...
Se tivessem me avisado que era a última vez,
eu poderia implorar pra que você ficasse mais um pouco,
só pra te explicar que mais um pouco seria muito pouco,
e que por menos que fosse, já seria muito pra mim...
Se eu soubesse, ah, se eu soubesse!
te falaria mil coisas, sem dizer uma palavra,
te mostraria mil dias de agonia, em um olhar...
E quando você estivesse saindo, eu te chamaria de volta,
só pra dizer mais uma vez o "eu te amo" que ninguém mais vai ouvir,
e te dar um último abraço, com o amor que ninguém mais vai te entregar.

Samuel da Costa

Nenhum comentário:

THAY

THAY

ALGUÉM ESPECIAL

Minha foto
jequié, bahia, Brazil
:: tudo ou nada aqui :: Difícil entender o que sou e como sou, não estou aqui pra ser decifrada, gosto de ser um mistério, até mesmo pra mim. Não tentem entender meus textos, minhas poesias, não pensem muito, eu não pensei quando estava escrevendo. Escrevo pra desabafar sentimentos... tristezas que carrego sempre comigo, inerente à minha existência. O melhor de se ler poesias é poder criar seus próprios textos e entender sua própria história de vida, levem pra vocês, não prendam as palavras em mim nem em vocês. Não, não sou dramática, só levo meus sentimentos, minhas lutas às últimas consequências. Por quê?? porque a vida não tem edição de cenas!